Projeto Exopinus dá primeiros frutos

19 de Julho de 2021

 

Encontram-se a germinar as primeiras sementes que irão revelar se há outras proveniências geográficas de pinheiro-bravo e outras espécies de pinheiro com interesse para a Fileira do Pinho em Portugal.

Como tudo em floresta, este é um projeto de longo prazo, cujo próximo passo será a instalação de ensaios de campo em vários locais representativos das várias condições existentes no nosso país.

Este é um projeto que esteve em “incubação” vários anos e que resultou da conjugação de várias ideias e sugestões paralelas que o Centro PINUS foi recebendo de parceiros nacionais e internacionais.

O projeto em consórcio rePLANT, que conta os nossos associados DSS Smith Paper Viana, INIAV, ISA, Sonae Arauco e UTAD como parceiros formais, está a ser o vetor de concretização deste projeto coletivo.

O Centro PINUS, juntamente com os parceiros do rePLANT, esteve esta semana a visitar em viveiro as sementeiras das 5 espécies de pinheiro, provenientes de 4 países diferentes, assim como a visitar locais para os futuros ensaios.

16 julho 2021

Ler o artigo original